quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Franklin Graham diz que reeleição de Obama abre o “caminho de destruição”

Em entrevista à rede CNN na noite passada, Franklin Graham lamentou a reeleição de Obama e disse acreditar que a América está seguindo um “caminho de destruição”.
Além de escolher o presidente, eleitores de vários Estados votaram em referendos sobre questões como legalização da maconha e a legalização do casamento de pessoas do mesmo sexo.
“Se estamos autorizando este presidente a nos conduzir pelo caminho por onde ele deseja que a gente vá, para baixo, acho que vai ser algo perigoso e poderá significar a destruição desta nação”, disse Graham.
Ontem, depois de anos fazendo campanhas contra, os evangélicos que defendem o casamento somente entre um homem e uma mulher foram derrotados em vários estados americanos. Os eleitores de Maryland, Maine e Washington votaram a favor da legalização do casamento homossexual. Em outros Estados a situação avançou embora ainda não esteja totalmente legalizada. Nos Estados do Colorado e Washington a maconha foi descriminalizada em referendo públicos.
Durante a campanha eleitoral de 2012, Billy e Franklin Graham estiveram fortemente envolvidos na luta em prol de causas conservadoras. O evangelista Billy Graham apoiou publicamente o republicano Mitt Romney, o que gerou criticas dos mais conservadores.
Franklin Graham já ganhou as manchetes outras vezes com suas observações críticas em relação ao presidente Barack Obama. Em maio, Graham divulgou um comunicado criticando a decisão do presidente em favor do casamento homossexual, afirmando que Obama havia “erguido o punho para desafiar o mesmo Deus que criou e definiu o casamento.”
Em outubro, Graham esteve no conceituado programa de entrevista de Piers Morgan na CNN e disse que o apoio de Obama ao casamento gay era um “grande problema” para os evangélicos americanos, em especial as igrejas Africano-Americanas, que são muito conservadora.
O reverendo Dr. William J. Barber II, preside a NAACP na Carolina do Norte, uma associação cristã que luta pelos direitos dos negros. Ele assinou, juntamente com vários outros pastores, e publicou uma carta aberta criticando os Grahams por terem gasto dinheiro doado para a Associação Evangelística Billy Graham para pagar anúncios políticos no Estado onde ambos residem.
Embora poupem Billy de muitas críticas devido ao seu passado ilibado e apolítico, não pouparam Franklin de um ataque, por aparentemente estar apenas usando seu sobrenome famoso. Após citar vários versículos bíblicos e resgatar a época que Billy defendia os direitos civis ao lado de Martin Luther King, o documento afirma: “Nós acreditamos que você [Franklin] se desviou, seduzido pelos encantos do dinheiro e do poder. Novamente, em amor cristão, renovamos o nosso desafio para você rever suas posições”, escreveu Barber. Traduzido de The Christian Post.

Um comentário:

Josiel Dias disse...

Olá meus queridos irmãos Graça e Paz.
Parabéns pelo blog muito edificante. Já estou seguindo. Aproveito a oportunidade para compartilhar também o nosso blog. Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se nos seguir-nos.
Deus vos abençoe ricamente
Josiel Dias
Mensagem Edificante para Alma
http://josiel-dias.blogspot.com.br
Rio de Janeiro