sábado, 30 de outubro de 2010

“A ORAÇÃO DO MARCO FELICIANO”

“A ORAÇÃO DO MARCO FELICIANO”


Eu encontrei este vídeo no blog de um amigo, assisti varias vezes equalizei o áudio para ter uma qualidade melhor do som, pensando eu que estava ouvindo mau, mas não, é isso mesmo. Acho que a idade esta me proporcionando uma disposição que eu penso que não tinha (ser crítico),mas...eu já gostei dele ,suas mensagens, afinal o cara é Pastor ,Cantor, Escritor e agora politico, depois de dizer em 2005 no 21º Gideões missionário da ultima hora quando estava em ascensão como pregador, ele disse:” Eu nunca me rebaixaria a ser politico”. Cinco anos depois ele entra para politica e é eleito a deputado federal pelo estado de São Paulo ,afinal uma pessoa importante como ele ora por alguém e no final diz; “quem ora é Marco Feliciano”. Heresia, blasfêmia, o poder a popularidade a fama a unção subiu a cabeça, Deus não sabia quem estava orando?

video

Provérbios 16,18-O orgulho leva a pessoa à destruição, e a vaidade faz cair na desgraça.
Seu comentário é muito importante.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Papa Bento XVI pede a bispos brasileiros que orientem os católicos na política

Papa Bento XVI pede a bispos brasileiros que orientem os católicos na política

RIO - A três dias do segundo turno das eleições presidenciais, o Papa Bento XVI pediu a bispos brasileiros para orientarem politicamente os fiéis durante reunião nesta quinta-feira no Vaticano. O papa, que não se referiu diretamente ao pleito deste domingo, afirmou ainda que os religiosos devem emitir, quando necessário, juízo moral em assuntos políticos. ( Você acha que líderes religiosos devem orientar o voto dos fiéis? )

- Em determinadas ocasiões, os pastores devem mesmo lembrar a todos os cidadãos o direito, que é também um dever, de usar livremente o próprio voto para a promoção do bem comum - disse o papa em seu discurso a bispos do Nordeste.

.- Quando, os direitos fundamentais da pessoa ou a salvação das almas o exigirem, os pastores têm o grave dever de emitir um juízo moral, mesmo em matérias políticas - completou.

Bento XVI afirmou que esta orientação deve ser dada "quando projetos políticos contemplam, aberta ou veladamente, a descriminalização do aborto ou da eutanásia".
- No episcopado, ao defender a vida não devemos temer a oposição e a impopularidade, recusando qualquer compromisso e ambiguidade que nos conformem com a mentalidade deste mundo - afirmou o pontífice.
 - Deus deve encontrar lugar também na esfera pública, nomeadamente nas dimensões cultural, social, econômica e particularmente política - acrescentou
As polêmicas envolvendo temas religiosos e, principalmente, a legalização do aborto, marcaram a campanha presidencial. Na semana passada, o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Geraldo Lyrio Rocha, voltou a defender a proibição do aborto no Brasil.
AGENCIA o GLOBO.

comentário em grifo abaixo retirado do site catolico (vem espírito santo vem)
O pronunciamento do Papa é, sem sombra de dúvidas, um alerta ao povo brasileiro que comparecerá às urnas no próximo domingo, para o segundo turno das eleições. É óbvio que, em sua mensagem, o Papa está condenando diversos temas defendidos pelo Plano Nacional de Direitos Humanos 3, o tristemente famoso PNDH-3, defendido pelo Governo Lula e assinado pela então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (atual candidata à presidência do Brasil). 
Onde chegamos, senhores? Até mesmo o Papa Bento XVI se viu obrigado a nos orientar, a clamar para que nossos bispos ajam sem temor algum – e sem ambiguidades e compromissos com a mentalidade deste mundo – ao defender a vida humana.
Católicos, ouçamos nosso Pastor! Não podemos votar em um projeto político como o do PT que abertamente se coloca contrário à defesa da vida desde sua concepção. Um projeto que fere a liberdade religiosa de nossa gente.


.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

JANELA 10/40 A QUEM ENVIAREI?

“A quem enviarei, e quem há de ir por nós?” Isaias 6:8- janela 10/40
JANELA 10/40 é uma faixa da terra que se estende do Oeste da África, passa pelo Oriente Médio e vai até a Ásia. A partir da linha do equador, subindo forma um retângulo entre os graus 10 e 40. A esse retângulo denomina-se JANELA 10/40.
Calcula-se que até hoje menos da metade da população mundial com as suas etnias e línguas tenham sido confrontadas com o evangelho. A outra parte, com sua maioria absoluta na Janela 10/40, representa uma grande multidão de cerca de 3,2 bilhões de pessoas que ainda são objetos dos empreendimentos missionários do povo de Deus.

                                         Os países com as maiores populações não cristãs são: CHINA, ÍNDIA, INDONÉSIA, JAPÃO, BANGLADESH, PAQUISTÃO, NIGÉRIA, TURQUIA e IRÃ, todos na Janela 10/40.
Devido a estes fatos, torna-se primordial para nós, cristãos, neste novo milênio, focalizar nossos recursos, sejam espirituais, financeiros ou sociais, sobre o necessitado povo que vive na janela 10/40.
Se desejamos mudar este quadro, devemos considerar alguns fatos de muita importância:
- O significado Bíblico e histórico
- O domínio do islamismo,do hinduismo e do budismo
- A pobreza acentuada
- A diversidade de línguas e culturas
- A concentração de seitas diabólicas

Países que formam a Janela 10/40

ORIENTE MÉDIO – 21 PAÍSES

Arábia Saudita, Argélia, Catar, Egito, Emirados Árabes Unidos, Iêmen, Irã, Iraque, Israel, Palestina, Jordânia, Kuweit, Líbano, Líbia, Marrocos, Mauritânia, Omã, Síria, Sudão, Tunísia e Turquia.

ÁFRICA – 12 PAÍSES

Benin, Burkina, Cabo Verde, Chade, Djibuti, Etiópia, Gâmbia, Guiné, Guiné-Bissau, Mali, Níger e Senegal.

ÁSIA – 21 PAÍSES

Afeganistão, Bangladesh, Barein, Butão, Camboja, China, Coréia do Sul, Coréia do Norte, Filipinas, Índia, Japão, Laos, Malásia, Maldivas, Mongólia, Nepal, Paquistão, Sri Lanka, Tailândia, Taiwan (Formosa) e Vietnã.

EURÁSIA – 3 PAÍSES

Cazaquistão, Turcomênia e Tadjiquistão.

EUROPA – 4 PAÍSES

Albânia, Chipre, Gibraltar e Grécia.

Nem todos os crentes sabem que no mundo ainda há povos completamente ignorantes da existência de Jesus Cristo e seu plano redentor. Poucos se importam em saber que hoje no oriente há cristãos presos e sendo torturados por causa de sua fé. Quantos têm um programa intensivo de oração pelos povos não alcançados pelo evangelho? Saber que há povos cometendo suicídios e guerras, por falta de esperança ou fanatismo, não é um assunto que interessa a todos os cristãos.

Os cristãos no mundo estão direcionando apenas 1,2% do seu fundo missionário e de seus missionários estrangeiros para bilhões de pessoas que vivem no mundo evangelizado.

No mundo ainda há dezenas de país com suas portas total ou parcialmente fechadas à entrada de missionários.

Há 28 países muçulmanos (sem incluir seis da antiga união soviética), 7 nações budistas, 3 Marxistas e 2 países hindus, formando o maior aglomerado de povos não alcançados.

Porque evangelizar os povos da Janela 10/40

- Porque ali vive o maior número de povos não alcançados pelo evangelho. Cobre 1/3 total do planeta e representa 2/3 da população do mundo. São cerca de 3,2 bilhões de - pessoas em 61 países.

- Porque ali está a maioria dos seguidores das 3 maiores religiões do mundo: Islamismo, Budismo e Hinduismo.

- Porque de cada 10 pobres na terra, 8 estão nessa região.

- Porque dos 50 países menos evangelizados do mundo 37 estão nessa área.

- Porque as maiores Capitais do mundo estão nessa região.

De acordo com os missiólogos, há diversidades no número de povos não alcançados pelo evangelho hoje. Para Ralph Winter, há 17 mil povos não alcançados e 12 mil línguas. David Barrete declara que são 11 mil o número total de povos não alcançados. Bob Waymire também arrola 11 mil povos diferentes no mundo. Patrick Johnstone avalia em 12.017 o total de povos não alcançados em todo o mundo. Subtraindo desse número os povos entre os quais há cristãos, missionários de fora e autóctones, restam apenas 1.200 povos a serem alcançados. Em sua perspectiva, 99% da população do mundo serão cobertos, inteiramente, com a mensagem do evangelho se ela for transmitida, no máximo, entre 400 e 500 línguas diferentes.

Então concluímos que missões, ainda não é um assunto sério para muitas igrejas. Enquanto templos são enfeitados e grande parte do tempo é utilizada para inúmeros programas, missões é ocasional, ainda não é assunto íntimo.

O Mundo dos povos não alcançados

Segundo alguns estudiosos, temos aqui algumas estatísticas:

- Cada hora 10.700 crianças nascem e morrem sem escutar as Boas Novas em países da Janela 10/40;


- Cada hora de esforço missionário resulta em 9.800 pessoas escutando o evangelho pela primeira vez;


- O resultado é a redução no mundo não evangelizado de 500 pessoas a cada hora, ou pouco mais que 4 milhões de pessoas por ano.


- 9 em cada 10 países mais pobres do mundo estão na África e 8 destes são parte do mundo menos evangelizado.

















                          









JANELA 10/40 é umCalcula-se que até hoje menos da metade da população mundial com as sua

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Onde fica o Reino de Deus na disputa entre PT e PSDB?

 SE OS VALORES DO REINO DE DEUS SÃO INEGOCIÁVEIS, POR QUE TANTAS NEGOCIAÇÕES?

Enquanto o avanço das leis anti-“homofobia” do governo federal sob o PT esbarrou em fortes resistências cristãs, os mesmos tipos de lei encontraram poucos obstáculos em seu avanço no Estado de São Paulo sob o PSDB. O que farão os cristãos agora?

Em 1992, a Igreja Universal do Reino de Deus tinha uma postura firme contra o aborto, e contra Lula e o PT. Não era necessário ser visionário para enxergar que o PT no governo traria aborto e homossexualismo — mas ninguém imaginava que seria muito pior do que imaginávamos.

O PT chegou ao poder graças a uma horrorosa deturpação do conceito do que é o Reino de Deus, pregada por uma CNBB majoritariamente adepta da Teologia da Libertação. Os evangélicos, que sempre tinham um pé atrás com a ideologia de Lula, acabaram aderindo — sob inspiração de Caio Fábio — a essa teologia.

Na segunda metade da década de 1990, o Bispo Edir Macedo começou a mudar radicalmente de opinião, passando a apoiar conjuntamente o aborto e o PT, levando sua endinheirada igreja a caminhar lado a lado com a CNBB e Ariovaldo Ramos numa visão religiosa onde o PT é um tipo de implementador oficial das políticas de sua versão do “Reino de Deus”.

Segundo eles, o PT estaria perdoado por sua promoção do aborto e do homossexualismo, pois “ajuda os pobres”. Quem quer que faça isso é parceiro de sua versão do “Reino de Deus”, independente do que tenha feito. Por isso, eles facilmente perdoam Fidel Castro e Hugo Chavez. É o vale-tudo pelos pobres: matar, roubar e destruir.

Fiel à sua ideologia abortista, Macedo se coloca hoje ao lado da candidata abortista Dilma Rousseff. O Pr. Silas Malafaia já criticou a postura pró-aborto e pró-Dilma de Macedo, o qual respondeu argumentando que Serra é também a favor do aborto.

Seria imprudente presumir que Dilma e Serra não terão governos comprometidos com a causa do aborto e do homossexualismo. Lula é a amostra (e ameaça) viva do que será o governo de Dilma. O Estado de São Paulo sob o PSDB, com suas radicais leis anti-“homofobia”, é a amostra (e ameaça) viva do que será o governo de Serra.

Serra foi sincero o suficiente para dizer que apoiará a união civil homossexual — exatamente como fez publicamente Marina, que confessou ter a mesma posição de Marta Suplicy —, e Dilma disfarçou suas antigas posições de aborto.

Se Dilma ganhar, a mentira se transformará em realidade cruel. Se Serra ganhar, quem conseguirá impedi-lo de fazer pelo PLC 122 o que o PSDB fez pela versão estadual dessa lei em São Paulo, que teve um avanço espetacular? E os grupos homossexuais proclamarão que Serra venceu porque defendeu publicamente os interesses deles, enquanto que Dilma titubeou.

Contudo, os cristãos estão titubeando muito mais do que Dilma e Serra, que se encontram na desconfortável situação de verem a questão do aborto e “casamento” gay pesando numa eleição inteira.

Aqueles que deveriam ter compromisso com o Reino de Deus estão fazendo muitas negociações, esquecendo-se ou não se importando que fazer compromisso com candidatos políticos em tempo de eleição é um mau negócio. Tudo o que o candidato Lula negociou em 2002 sobre aborto e homossexualismo seu governo jamais cumpriu. Mas, acima de tudo, se os valores do Reino de Deus são inegociáveis, por que tantas negociações?

Com Ariovaldo Ramos e Edir Macedo, a Teologia da Missão Integral (versão protestante da Teologia da Libertação) se uniu à Teologia da Prosperidade para sustentar o insustentável: um governo que durante oito anos trabalhou pelo aborto, pelo homossexualismo, aliançado com Fidel Castro, Hugo Chavez e outras famosas ditaduras internacionais. Respeito aos direitos humanos? Só nos discursos. No que depender do PT, de Ariovaldo Ramos, Edir Macedo e Bispo Manoel Ferreira, as populações de Cuba, Irã, Venezuela e Coreia do Norte podem continuar a ser massacradas sob as grossíssimas vistas da diplomacia brasileira.

No que se refere à ideologia marxista — que essencialmente crê que o centro do universo é o santo e generoso Estado “assistencialista” —, Serra não é muito diferente de Dilma, como a própria Marina Silva reconheceu, considerando seus partidos no mesmo nível ideológico nas origens. O único motivo de preocupação dela nesta eleição foi a “onda de conservadorismo”, reconhecida pela imprensa como a principal força que está se opondo ao aborto e ao homossexualismo.

Ninguém esperava essa onda, e mesmo se declarando não conservadora antes da onda, Marina acabou no primeiro turno recebendo votos de milhões de conservadores, que votaram nela para evitar o abortismo e homossexualismo de Dilma e Serra. Mas seu testemunho principal, moldado pela Teologia da Libertação, foi ficar em cima do muro ou lavando as mãos, como uma versão verde de Pôncio Pilatos. Nenhuma queixa contra as posturas anticristãs de Dilma ou do PT — com quem ela trabalhou com a consciência tranquila durante muitos anos — ou de Serra. Só queixas contra o conservadorismo.

De Macedo e Ariovaldo Ramos, não se espera nada, pois não existe coerência em aliados de um governo patentemente anticristão. Enquanto Macedo tocou explicitamente no assunto do aborto em tom de aprovação, Ariovaldo pró-Dilma divulgou seu manifesto público, declarando: “manifestamos as nossas rejeições diante da onda de conservadorismo que se abateu sobre o país nesse processo eleitoral”. E Marina, em sua “Carta Aberta aos Candidatos à Presidência da República Dilma e Serra”, igualmente não toca no assunto do aborto e homossexualismo uma única vez, mas critica abertamente o que ela enxerga como “esse conservadorismo renitente que coloniza a política e sacrifica qualquer utopia em nome do pragmatismo sem limites”.

A utopia dela — envolvendo marxismo, socialismo, Teologia da Libertação, Teologia da Missão Integral, evangelho progressista, evangelho comunista e afins — não merece ser sacrificada em prol do verdadeiro e único Evangelho? Não merece ser sacrificada pelo bem-estar moral de milhões de famílias que não precisam e não querem governos que, dizendo-se a favor dos pobres, são obcecados, doentes e insanos por aborto e homossexualismo?

De Silas, espera-se mais. Seu testemunho contra o PLC 122 e contra o aborto é notável e louvável. Mas apoiar Serra publicamente é compatível com os valores do Reino de Deus? E que tipo de compatibilidade houve no apoio dele no passado a Lula e Sérgio Cabral? Marcelo Crivella e Magno Malta são destaques também entre os evangélicos por combaterem o PLC 122, mas estão com Dilma, que tem um histórico de violência e luta armada que ela nunca renega e hoje está alinhada com o PT em sua ambição de transformar o Brasil numa ditadura marxista e a América Latina numa União das Republiquetas Socialistas do Foro de São Paulo.

Será uma alegria enorme ver a derrota da terrorista comunista Dilma, mas uma vitória de Serra será motivo de comemoração?

Entenda que esta eleição não representa alegria, pois os eleitores não poderão escolher entre uma solução menor e uma solução maior. Pelo contrário, é uma eleição de dor e sofrimento, principalmente para homens e mulheres que têm valores elevados de justiça e família, onde a única opção humana disponível é escolher entre o mal maior e o mal um pouco menor. É uma escolha entre um governo que trará grandes problemas e outro que trará problemas imensos.

Os dois candidatos representam perigos reais. Dilma, em maior grau; Serra, em menor. É como escolher, metaforicamente, entre um assassino e um estuprador. Se você escolhe o assassino, sua esposa e filhas são estupradas na sua frente e no final você e elas são mortos. Se escolhe o estuprador, você e elas escapam com vida, mas elas são estupradas.

O que não é metáfora nem ficção é que as políticas deles realmente trarão mortes e estupros, em muitos sentidos diferentes e reais. Aborto propositado e legalizado é assassinato sancionado pelo Estado. Ensinar homossexualismo ou sexo para crianças nas escolas é estupro psicológico perpetrado pelo Estado. Sacralizar e proteger legalmente o conceito de “orientação sexual” abre as portas para todos os tipos de barbarismo e anormalidade, inclusive a pedofilia, sob as “bênçãos” do Estado. Dificultar relações diplomáticas com Israel e facilitá-las com as ditaduras sanguinárias do Irã e Coreia do Norte é trazer espírito de morte e maldição ao Brasil, assim como manter ligações com grupos terroristas como as Farc e o Hamas. Tudo isso o PT tem feito religiosamente, enquanto que metade disso o PSDB aprova e faz.

É por isso que não voto em nenhum dos dois, mas entendo aqueles que, vendo o mal maior do PT aparelhado ao Estado e transformando o Brasil em tirania, estão dispostos a tapar o nariz para votar em Serra. Entretanto, dá para entender os que não tapam o nariz e ainda negociam?

Diante do mal, o Reino de Deus e seus valores são inegociáveis, mas muitos membros importantes da Frente Parlamentar Evangélica estão se vendendo em troca de propostas indecorosamente altas. O PT está conseguindo comprar a consciência de parlamentares evangélicos que até recentemente viam e avisavam sobre as ameaças dos projetos do PT. Agora, sob o peso das tentações terrenas, eles se calam para a verdade e só desentopem a boca para elogiar os bons pagadores.

No entanto, aqueles que negociarem os valores do Reino de Deus verão a Palavra de Deus se cumprir. Antes de o governo e a sociedade do Brasil serem castigados por suas iniquidades, o juízo se abaterá sobre a casa de Deus, a começar por homens que trazem o titulo de pastor, bispo, apóstolo, deputado evangélico, etc. De Deus não se zomba. Ele não tolerará para sempre os que negociam os valores do Reino de Deus em troca de ideologias de morte, roubo e destruição, ainda que venham elegantemente mascaradas de assistência aos pobres.

Então, se não há em quem votar, para onde recorrer? Ao Rei do Reino de Deus. Ninguém entende melhor de política do que Ele.

Uma convocação pública e nacional de jejum, choro e oração poderia trazer para o Brasil um aumento da “onda de conservadorismo” contra o aborto e o homossexualismo — uma onda maior que traga justiça e repudio à institucionalização de toda iniquidade.

Nesta eleição, ninguém esperava uma onda contra o aborto e o homossexualismo, mas ela veio, fazendo o diabo estremecer de raiva e pavor.

Quem a enviou não pode mandar muito mais?

Fonte: O Verbo / www.juliosevero.com

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Pesquisa revela que o amor cura a dor


Os poetas do romantismo brasileiro, como Álvares de Azevedo, falavam muito sobre a dor do amor. Cientistas agora descobrem que como está escrito na carta bíblica de Paulo aos Corintios, o amor é dom supremo, e pode aliviar até desconfortos físicos.De acordo com o cientista responsável pela descoberta, Sean Makey, da Universidade de Stanford, o amor ativa um sistema primitivo dos nossos organismos que causa um impacto direto na forma com que sentimos dor. Para investigar esse efeito “analgésico”, Makey analisou 15 estudantes de uma universidade, que diziam estar “amando”. Cada estudante deveria trazer uma foto da pessoa pela qual estava apaixonado e outra imagem de uma pessoa conhecida que não tinha nenhuma ligação romântica com eles.Os participantes do estudo, durante os testes, deveriam segurar um bloco que podia ficar muito quente ou muito frio de acordo com a regulagem feita pelos cientistas, causando dor ou não. Enquanto seguravam o bloco, eles deviam olhar para a foto do seu amigo atraente ou do “amor da sua vida”. Depois os estudantes deveriam dizer quanta dor sentiram.Os resultados mostraram que a foto da pessoa amada realmente diminuía a sensação de dor, coisa que não acontecia quando os estudantes olhavam para seu conhecido. De acordo com Makay ainda é muito cedo para que os médicos receitem “amar” para seus pacientes, mas ele acredita que o estudo pode ter implicações clínicas.


Fonte: Patio Gospel

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Lula diz que Deus fez a vingança que ele queria e volta a se comparar com Jesus
Cristo


Em tom de despedida e desabafo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que Deus fez a vingança que ele desejava com os senadores que votavam contra o governo. E, ao reclamar que no passado era chamado de comunista por ser barbudo, o presidente voltou a se comparar a Jesus Cristo.

Lula ressaltou ter derrotado dois candidatos no Piauí que votaram contra a continuidade da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). “Eles pensaram que iam me prejudicar, mas prejudicaram o povo que precisa do SUS, de pronto-socorro, de remédio. Mas Deus escreve certo por linhas tortas. Ele fez a vingança que eu queria”, disse, referindo-se aos senadores Heráclito Fortes (DEM) e Mão Santa (PSC), que não conseguiram se reeleger no dia 3.

Lula de novo investiu no discurso do preconceito, afirmando que diziam que ele não saberia governar, por não ter curso superior. “A arte de governar não se aprende em universidade, senão pegavam um na Academia Brasileira de Letras para ser presidente. A arte de governar é como a arte de ser mãe, cuidar da família, garantir direitos e oportunidades a todos”, afirmou o presidente, durante discurso no Instituto Federal Tecnológico do Piauí, em Teresina.

Ele quebrou o protocolo várias vezes e pegou o microfone para dizer: “Vocês sosseguem o facho, apaguem o fogo, porque aqui é um evento oficial da Presidência”, reclamou com a militância, que gritava o nome da presidenciável Dilma Rousseff (PT) e de Wilson Martins (PSB), que disputa o segundo turno para o governo do Piauí com o tucano Sílvio Mendes. Lula disse que está contando os dias para deixar a Presidência.

Ensinamento. O presidente se empolgou no ataque à oposição. “Não vamos aceitar que dividam o País em primeira classe, que podem tudo, e em segunda classe, onde não podem nada. Cansamos de ser tratados como segunda categoria”, afirmou.

Lula lembrou ter perdido muitas eleições. “Isso serviu de ensinamento e teve muita frustração. Eles tinham medo e por isso contavam muita mentira a meu respeito. Diziam que era comunista, porque tinha a barba comprida. Mas Jesus também tinha barba comprida. Tiradentes também tinha. Quantas vezes tive de responder e pagar o preço, porque a bandeira do meu partido é vermelha, porque tem uma estrela na bandeira, responder sobre aborto, quem é contra fica jogando casca de banana para ver se a gente pisa e cai.”

Bastão. Segundo Lula, “rico não precisa de governo, quem precisa de governo é pobre que precisa de saúde, educação, segurança, emprego”. “Não vamos ficar atrás de números de estatísticas, porque por trás de cada número tem um ser humano. É preciso governar com consciência e com coração”, afirmou. “Hoje pobre pode ser doutor, pode viajar de avião, vai para Europa. Mas o outro governo ficou oito anos e não cuidou do País, não atendeu os pobres. Ao contrário, fez uma lei onde o governo não podia cuidar das escolas técnicas. Então valeu a pena eu passar pelo governo”, enfatizou.

O presidente concluiu: “Eu não saio apenas, não vou apenas passar o bastão. O povo é que é o dono do País. E não pode permitir que voltemos ao passado do desespero, do descaso. Cansamos de ser tratados como vira-latas. E eu não vou descansar quando sair da Presidência. Não vou me trancar para velhice tomar conta de mim. A velhice vai ter de correr atrás de mim.”

Desabafo

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
PRESIDENTE DA REPÚBLICA
“Eles (senadores) pensaram que iam me prejudicar, mas prejudicaram o povo que precisa do SUS (…). Mas Deus escreve certo por linhas tortas. Ele fez a vingança que eu queria”

“Eles (oposição) tinham medo e contavam muita mentira. Diziam que eu era comunista, porque tinha a barba comprida. Mas Jesus também tinha”
fonte Estadão-gospel mais

sábado, 16 de outubro de 2010

“CRISTO ÚNICA ESPERANÇA DESTA GERAÇÃO”- Rom 8.18-25.

INTRODUÇÃO A palavra “esperança” está relacionada a duas virtudes do cristianismo: FÉ e AMOR (1 Cor 13.13). No AT e NT, o temo procede de uma raiz cujo significado é “esperar” , “ter expectativa” , e “aguardar” .Diz respeito á pessoa que aguarda com fé e paciência a provisão do Senhor ( Is 40.31 ). A explicação mais convincente acerca da esperança está em Romanos 8.24 que diz: “Porque, em esperança, somos salvos. Ora, a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê, como o esperará?”.
AS MARCAS DESTA GERAÇÃO:
ANSIEDADE
; característica biológica do ser humano, que antecede momento de perigo real ou imaginário, marcado por sensações corporais desagradáveis. Ansiedade é um estado emocional que se adquire como consequência de algum ato,
Rollo May, um dos grandes psicanalistas do nosso tempo, afirma que a ansiedade é “um dos problemas mais urgentes dos nossos dias – “emoção oficial da nossa época” e que “pessoas com maior nível de inteligência e originalidade são mais inclinadas à ansiedade”
MEDO, O medo é um sentimento que proporciona um estado de alerta demonstrado pelo receio de fazer alguma coisa, geralmente por se sentir ameaçado, tanto fisicamente como psicologicamenteMedo é uma reação obtida a partir do contato com algum estímulo físico ou mental (interpretação, imaginação, crença) que gera uma resposta de alerta no organismo. Esta reação inicial dispara uma resposta fisiológica no organismo que libera hormônios do estresse (adrenalina, cortisol) preparando o indivíduo para lutar ou fugir.
Segundo estatísticas divulgadas em outubro, no Relatório Global sobre
Assentamentos Humanos, do Programa das Nações Unidas (ONU) para
Assentamentos Urbanos, 70% dos brasileiros se sentem inseguros. Os
dados comprovam que a cultura do medo e da violência está se
consolidando cada vez mais nas cidades do Brasil.
A depressão (também chamada de transtorno depressivo maior) é um problema médico caracterizado por diversos sinais e sintomas.
Estima-se que cerca de 15 a 20% da população mundial, em algum momento da vida, sofreu de depressão. A depressão é mais comum em pessoas com idade entre 24 e 44 anos. Dependendo do motivo pode ser dada a crianças e adolescentes como separação dos pais, problemas na escola, rejeição e principalmente Bullying. A ocorrência em mulheres é o dobro da ocorrência em homens.
CONSUMISMO; Consumismo é o ato de consumir produtos e/ou serviços, indiscriminadamente, sem noção de que podem ser nocivos ou prejudiciais para a nossa saúde ou para o ambiente. Há várias discussões a respeito do tema, entre elas o tipo de influência que as empresas, por meio da propaganda e da publicidade, bem como a cultura industrial, por meio da TV e do cinema, exercem nas pessoas. Muitos alegam que elas induzem ao consumo desnecessário, sendo este um fruto do capitalismo e um fenômeno da sociedade de agora.
A diferença entre o consumo e o consumismo é que no consumo as pessoas adquirem somente aquilo que lhes é necessário para sobrevivência. Já no consumismo a pessoa gasta tudo aquilo que tem em produtos supérfluos, que muitas vezes não é o melhor para ela, porém é o que ela tem curiosidade de experimentar devido às propagandas na TV e ao apelo dos produtos de marca.
AMBIÇÂO, desejo forte de fortuna, de glória, de honrarias, de poder ou de outra coisa qualquer
ANGUSTIA, angústia a sensação psicológica, caracterizada por "abafamento", insegurança, falta de humor, ressentimento e dor. Na moderna psiquiatria é considerada uma doença que pode produzir problemas psicossomáticos.
A angústia é também uma emoção que precede algo (um acontecimento,uma ocasião, circunstância), também pode-se chegar a angústia através de lembranças traumáticas que dilaceraram ou fragmentaram o ego.
Angústia quando a integridade psíquica está ameaçada, também costuma-se haver angústia em estados paranóicos onde a percepção é redobrada e em casos de ansiedade persecutória.
A angústia exerce função crucial na simbolização de perigos reais (situação, circunstância) e imaginários (consequencias temidas).
A angústia é também uma emoção que precede algo (um acontecimento,uma ocasião, circunstância), também pode-se chegar a angústia através de lembranças traumaticas que dilaceraram ou fragmentaram o ego. Angústia quando a integridade psíquica está ameaçada, também costuma-se haver angústia em estados paranóicos onde a percepção é redobrada e em casos de ansiedade persecutória. A angústia exerce função crucial na simbolização de perigos reais (situação, circunstância) e imaginários (consequencias temidas).
CULTO AO CORPO, A aparência física tem se tornado cada vez mais uma questão prioritária na vida do ser humano, principalmente do brasileiro. A mídia trocou o estereótipo de magreza anoréxica – que até pouco tempo era requisito fundamental aos que quisessem estar de acordo com o perfil de beleza estabelecido – pelo estilo malhado e de aparência saudável. Olhar para a televisão, para as revistas e ver os corpos de artistas e modelos praticamente perfeitos e a disponibilidade cada vez maior de recursos em prol desses resultados (cirurgias plásticas, implantes de próteses, lentes de contato coloridas) levam as pessoas a buscar os meios mais fáceis e rápidos de atingir seus objetivos estéticos, entretanto, podem não ser os mais adequados à sua saúde e capacidade física, como por exemplo, o uso de substâncias para ganho de massa muscular ou treino em academias sem estrutura adequada e orientação de um profissional. As pessoas parecem estar acordando para a questão da saúde. Cada vez mais tem sido divulgado que a prática de exercícios regulares, alimentação
balanceada e uma boa noite de sono são fundamentais para melhorar a saúde e a qualidade de vida do ser humano. Essas práticas resultam numa melhor disposição física e mental, tornando mais fácil enfrentar o stress do dia-a-dia, além de sempre se sentir bem ao olhar no espelho e ver refletida uma imagem bonita e perfeita para aquelas roupas menores, e é com esta intenção que alguns percorrem um penoso caminho até alcançar seu objetivo. Cria-se assim, o chamado culto ao corpo, que teve seus primeiros sinais de existência na década de 80, quando foi amplamente divulgado por Madonna, a pioneira a transmitir essa obsessão por um corpo escultural. Com a onda da malhação, vive-se hoje uma febre nas academias, e apesar da imagem de futilidade que às vezes isso passa, se os exercícios na academia forem levados de forma séria e praticados corretamente, ela pode ser um lugar ótimo para se cuidar.
DROGAS, Crack ameaça 25 mil jovens no País
Segundo o coordenador de Saúde Mental, Álcool e Drogas do Ministério da Saúde, a dependência coloca garotos e garotas no nível de marginalidade extrema
A dependência do crack ameaça a vida de 25 mil jovens brasileiros.
A estimativa é do Ministério da Saúde e, segundo o coordenador de Saúde Mental, Álcool e Drogas do ministério, Pedro Delgado, a dependência coloca esses jovens no nível de marginalidade extrema.
REBELDIA, Ato de rebelar-se; não-conformidade, reação.
. Oposição, resistência.
Birra, teimosia.
MENTIRA, é uma declaração feita por alguém que acredita ou suspeita que ela seja falsa, na expectativa de que os ouvintes ou leitores possam acreditar nela. mentira significa “dizer, afirmar ser verdadeiro (aquilo que se sabe falso); dar informação falsa (a alguém) a fim de induzir ao erro, não corresponder a (aquilo que se espera); falhar, faltar, errar, causar ilusão a; dissimular a verdade; enganar, iludir, não revelar; esconder, ocultar
FALTA DE AMOR, A falta de amor é a principal característica do mundo sem Deus e se alastrará, nos dias imediatamente anteriores à vinda do Senhor, por causa da multiplicação do pecado,
INVERSÂO DE VALORES, A cada dia, o que era certo parece tornar-se errado e o errado parece tornar-se certo
EGOISMO,
Um sujeito egoísta é aquele que acredita que o mundo, inclusive as pessoas ao seu redor, foram criadas para ele e somente para ele. Uma pessoa egoísta– sofrem porque as outras pessoas não correspondem à sua expectativa.
O egocentrismo caracteriza-se pela fantasia de imaginar que o mundo gira em torno de si, tomando o eu como referência para todas as relações e fatos.
Uma pessoa egoísta pode não ser egocêntrica, uma vez que luta para fazer com que os fatos se amoldem a seus interesses.
A pessoa egocêntrica é egoísta, no sentido de que não consegue imaginar que não seja ela a prioridade no mundo em que vive. O egocentrismo é próprio da infância, como passagem para que a criança possa aprender a noção de referência a partir do eu e então aprender.
CRISTO, ESPERANÇA DESTA GERAÇÃO.
1- EM CRISTO ESTÁ A LIBERTAÇÃO DO PECADO (Jo 8.32,36).
A- Jesus é o único que remove causa de todos os males, (Pecado) e desfaz todas as obras do Diabo.
Jo 8.36 “Se o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”.
1 Jo 3.8 “Quem comete pecado é do Diabo, porque o Diabo peca desde o princípio. Para isto o filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo”.
B-O pecado é a origem de todo desajuste físico, emocional e espiritual, Rom 3.23 “Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”.
2- EM CRISTO ESTÁ A LIBERTAÇÃO DAS DOENÇAS DA ALMA.
Jesus Cristo é o único remédio eficaz contra as doenças da alma. ao tratar do enfermo ele oferece:
a) Alívio para o oprimido e cansado (Mt 11.28)- b) libertação para o escravo do pecado e dos vícios (Jo 8.32)-c) Paz para o ansioso e angustiado (Mt 6.25; 1Jo14. 1) –d) Contentamento para o consumista (Mt 6.25; Jo 14.1)-e) Perdão para o pecador (1 Jo 1.7)-f) Certeza para o cético (Jo 3.4-21)-g) Esperança para o desafortunado (Mt 5.3,12)-h) Cura para os doentes (Mt 8.16). Jesus sara todos indistintamente.
3- EM CRISTO ESTÁ A ESPERANÇA PARA ESTA GERAÇÃO.
A constatação simples e incontestável é que: O homem sem Deus vive sem esperança ou em esperança vã, Jó 27.8 “Pois que esperança tem o ímpio quando é cortado, quando Deus lhe arranca a vida?”.
A única esperança para esta geração está na pessoa bendita de nosso Senhor Jesus Cristo, 1 Tm 1.1 “Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, segundo o mandado de Deus, nosso salvador, e de Cristo Jesus, esperança nossa”.
CONCLUSÃO; Jesus Cristo a única solução para esta geração enferma, nós temos Cristo nós, temos o remédio.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Lula faz ameaças contra Igreja Católica e Vaticano reage.


Governo brasileiro ameaça Igreja Católica por causa de oposição à candidata presidencial pró-aborto

O secretário pessoal do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho, avisou ontem a liderança da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil que se os ataques contra a candidata presidencial Dilma Rousseff do Partido dos Trabalhadores continuarem, o acordo da Igreja Católica com o governo poderá ser revisto, de acordo com uma reportagem originária do jornal Valor Econômico, e foi repetida pela agência noticiosa italiana ANSA.

O acordo, conhecido como “concordata”, é um tipo de tratado assinado pelo governo da Cidade do Vaticano e vários governos mundiais.

A concordata brasileira inclui apoio do governo às escolas católicas e outros benefícios, que foram concedidos à Igreja Católica no Brasil em 2009.

A candidatura de Rousseff tem recebido oposição de muitos bispos e padres católicos por causa da clara posição dela a favor da eliminação de penalidades criminais para o aborto propositado, o qual é condenado pelo ensino católico como “crime inexprimível”.

Hoje, depois da reportagem sobre a ameaça, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma declaração distanciando-se de críticas a Rousseff e ao Partido dos Trabalhadores, e ao mesmo tempo continuou a exortar os eleitores a fazer suas decisões à luz dos valores da vida humana e da família.

A liderança da CNBB escreve que “lamentamos profundamente que o nome da CNBB — e da própria Igreja Católica — tenha sido usado indevidamente ao longo da campanha, sendo objeto de manipulação”.

A CNBB prossegue acrescentando que “reafirmamos… que a CNBB não indica nenhum candidato, e recordamos que a escolha é um ato livre e consciente de cada cidadão. Diante de tão grande responsabilidade, exortamos os fiéis católicos a terem presentes critérios éticos, entre os quais se incluem especialmente o respeito incondicional à vida, à família, à liberdade religiosa e à dignidade humana”.

A declaração da CNBB também afirma que “certamente, é direito — e, mesmo, dever — de cada Bispo, em sua Diocese, orientar seus próprios diocesanos, sobretudo em assuntos que dizem respeito à fé e à moral cristã”, num reconhecimento evidente de declarações feitas por proeminentes líderes católicos do Brasil, inclusive o presidente da primeira divisão sudeste da CNBB, o qual denunciou a candidatura de Rousseff em vídeos postados no YouTube no final de setembro no nome de todos os bispos membros da divisão.

Um padre católico muito conhecido que fez um programa na rede de televisão Canção Nova também deu uma recente homília em que ele denunciou o Partido dos Trabalhadores, que está no governo, como pró-aborto, pró-homossexualidade e marxista, e disse que ele jamais votaria neles ou realizaria um “casamento” homossexual.

O Partido dos Trabalhadores está agora exigindo tempo igual no canal católico para a campanha de Rousseff responder às acusações feitas contra ela.

Embora Rousseff afirme ser pessoalmente “contra o aborto”, ela continua a chamá-lo de “questão de saúde pública”, e não se retratou de sua posição declarada anteriormente em favor da eliminação das penalidades criminais para o assassinato de bebês em gestação.



Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Denúncia: ligação de um dos principais líderes assembleianos com o “anticristo amarelo”



Denúncia do site Púlpito Cristão sobre a ligação do Bispo Manoel Ferreira, da Assembléia de Deus, com o líder da seita Igreja da Unificação, Reverendo Moon, o “cristo amarelo”:




O que o leitor verá à seguir é uma das denúncias mais graves já feitas neste site (Púlpito Cristão): São as provas da associação entre o deputado, líder principal da Assembléia de Deus do ministério Madureira e presidente da convenção CONAMAD, bispo Manoel Ferreira, e o reverendo Moon, líder da seita “Igreja da Unificação”, da Coréia do Sul. O vídeo foi editado pelo pastor Enoque Lima, da AD Madureira.

Para aqueles que não conhecem, a Igreja da Unificação é uma seita fundada por Sun Myung Moon, o qual teria nascido para completar a salvação dos homens, sendo ele mesmo a concretização da segunda vinda de Cristo. Em síntese, o grupo afirma que Jesus fracassou em sua primeira vinda e cabe ao Reverendo Moon completar sua missão, redimindo a humanidade.


No vídeo,http://http//www.youtube.com/watch?v=VQO0-K_PdlU o pastor assembleiano aparece em alguns eventos relacionados à seita, e confere a benção em uma cerimônia religiosa na igreja do Reverendo Moon. Ao contrário do que possa parecer, este não é um evento ordinário na liturgia do grupo, mas um dos eventos mais importantes para os membros da seita, pois é através do casamento que os fiéis se tornam filhos espirituais do reverendo Moon:


“De acordo com a teologia do Moonismo, o destino final dos homens é serem casados e terem uma família perfeita. Isso porém não pode atualmente se realizar por que Jesus falhou, e assim não executou a salvação completa. No Entanto, como comenta Bjornstad, “uma Nova Era teve início em 1960: ‘Naquele tempo, a profecia sobre as bodas do cordeiro, que se encontra no capítulo 19 de Apocalipse, cumpriu-se. Assim, o Senhor do Segundo Advento e Sua Esposa tornaram-se os Verdadeiros Pais dos homens” (1960 happens to be the year in which Rev. Moon married his wife Hak-Ja Han) – Grifo nosso.

“Este messias irá estabelecer a família perfeita, tarefa esta Jesus nunca completou. Outras famílias perfeitas serão formadas, as quais irão formar uma sociedade perfeita que se expandirá por todo do mundo.” (The Moon Is Not The Son, pp. 62-63).

Já não se trata de mero denuncismo, mas de provas cabais de que o bispo Manoel Ferreira apostatou da fé e está dando ouvidos a doutrinas de demônios. Assim sendo, penso que não resta outra opçãoo aos pastores da Assembléia de Deus – ministério Madureira, do que a oposição aberta ao bispo Ferreira e sua exclusão por apostasia. Omitir-se em uma situação como esta significa ser conivente com sua apostasia, a qual vem manchando não só a integridade do bispo, mas da igreja Assembléia de Deus, min. Madureira.

Desejo concluir este artigo com uma frase de Martin Luther King, que ironicamente ilustra o blog do bispo Ferreira, parecendo um ultraje aos pastores da CONAMAD:

“O que mais me preocupa nao é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais me preocupa é o silêncio dos bons”.

Fonte: O Verbo / Púlpito Cristão

domingo, 10 de outubro de 2010

Eleição mostra influência das igrejas
A estridência com que o debate moral e religioso emergiu para o topo da agenda nessa eleição presidencial criou a sensação de aumento da influência das igrejas sobre o voto, e de que os candidatos - em especial Dilma Rousseff - foram pegos de surpresa e vitimados pelo dilúvio bíblico. Mas a religião está intensamente envolvida na política brasileira desde que o Descobrimento foi celebrado com uma missa. E os políticos - incluindo Dilma - têm lutado pelo voto religioso com a mesma sofreguidão com que pastores e bispos têm buscado influência e poder - seja por lobby ou por participação direta nos partidos.

Embora se mostre agora perplexa com a 'invasão' de temas morais e religiosos no debate eleitoral, Dilma está em 'peregrinação' pelo voto católico e evangélico desde o fim de 2008, lembra o sociólogo Ricardo Mariano, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Em novembro daquele ano, com um véu cobrindo a cabeça - como manda o protocolo -, Dilma participou de audiência com o papa Bento XVI no Vaticano. Nela, Lula selou acordo com a Santa Sé, comprometendo-se com uma lista de reivindicações da Igreja, incluindo a orientação católica no ensino religioso nas escolas públicas, o que originou uma ação do Ministério Público questionando sua legalidade. Mediante a bênção do papa, Lula lançou Dilma para a presidência, em entrevista a cinco jornalistas italianos. De lá para cá, Dilma visitou inúmeras lideranças religiosas - assim como Serra e Marina.

A deferência de Lula parece resultar da experiência. Enquanto não buscou o voto evangélico, Lula foi derrotado nas disputas presidenciais de 1989, 1994 e 1998, quando esse voto foi maciçamente despejado em Fernando Collor e, duas vezes, em Fernando Henrique Cardoso, respectivamente. No primeiro turno de 2002, os evangélicos votaram no 'irmão' Anthony Garotinho. Foi a partir daquele segundo turno que Lula passou a compartilhar grande parte desses votos, graças a uma aliança com a Igreja Universal do Reino de Deus, lembra Cesar Romero Jacob, autor de A Geografia do Voto nas Eleições Presidenciais do Brasil: 1989-2006. 'Lula se tornou pragmático, foi para o centro e atraiu os evangélicos.'

Alianças. Baseado em suas pesquisas, Jacob traça um axioma segundo o qual para se vencer eleições presidenciais no Brasil é preciso aliar-se às oligarquias locais no interior do País e aos políticos populistas e líderes pentecostais na periferia pobre das regiões metropolitanas; além de elaborar um discurso para a classe média urbana. Foi o que Collor, FHC e Lula fizeram antes de se elegerem presidentes, diz o analista.

A questão religiosa afeta Dilma Rousseff, José Serra e Marina Silva de formas muito distintas, observam os especialistas. Serra, de uma certa maneira, foi vacinado contra a propaganda viral dos grupos anti-aborto em 2002, quando disputou a presidência pela primeira vez. Naquela campanha, ele percebeu que seria prejudicado pela informação de que tinha, como ministro da Saúde (1998-2002), implantado no Sistema Único de Saúde (SUS) procedimentos de aborto previstos na lei - em casos de estupro e risco de vida para a gestante. Além disso, o SUS começou a distribuir a pílula do dia seguinte, considerada abortiva pelos conservadores. Serra passou então a declarar-se contrário à descriminalização do aborto, que segundo ele levaria a uma 'carnificina'.

Convicções. Marina, como integrante da Assembleia de Deus, tem uma relação bem diferente com o tema. Os religiosos conservadores confiam nas suas convicções morais. Seu problema é o inverso, observa Ricardo Mariano: como pertencente à minoria evangélica (de um quarto a um quinto da população) em meio a uma maioria católica (dois terços dos brasileiros), ela tomou o cuidado de não ser vista como candidata dos evangélicos - ao mesmo tempo em que visitou seus templos tão ou mais frequentemente do que Dilma e Serra. Marina lava as mãos e propõe que um plebiscito resolva o assunto do aborto.

A situação de Dilma é mais delicada. O YouTube, site de exibição de vídeos na internet, apresenta declarações suas em termos considerados inaceitáveis por muitos conservadores. Em 2007, ela diz, em entrevista à revista IstoÉ: 'Sou a favor de uma legislação que obrigue a ter tratamento para as pessoas para não correr risco de vida, igual aos países desenvolvidos do mundo inteiro, para quem estiver em condições de fazer o aborto ou querendo fazer o aborto.' À pergunta sobre se é um ato de livre escolha, ela respondeu: 'Acho que tem de ser tratado como uma questão de saúde pública.'
fonte Estadão.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

NEOPAGANISMO, UM MAL A SER COMBATIDO.
“Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar de Deus” (Hb 3.12 )
Texto; 2 Pedro 2.1-9.
INTRODUÇÃO.
Nesses últimos dias, a igreja precisa estar alerta quanto ao perigo do retorno ás praticas religiosas pagãs da antiguidade, isto é, o neopaganismo, que sorrateiramente tenta macular a igreja do Senhor. Apresentarei alguns enganos desta sutil estratégia de Satanás.
I-O RESSURGIMENTO DO PAGANISMO.
1- A sutileza do paganismo.
A igreja primitiva passou por um período sombrio, obscuro. onde o paganismo e a idolatria imperavam.Hoje,enfrentamos os mesmos desafios. O mundo está impregnado de do misticismo oriental e de outras seitas pagãs. O paganismo na pós-modernidade não persegue nem mata os crente, mas os seduz por meio de propostas hedonistas, repleta de entretenimentos, respostas rápidas e sexo promíscuo. Tudo com muita sutileza.
2-A nova era. Sua influência está presente em vários setores da sociedade moderna. Em todo mundo, Há milhões de profissionais e pessoas influentes que estão de alguma forma, ligados á pratica e aos ensinamentos, da nova era, por meio de livros, DVDs, televisão, sites, etc.
3-Uma cultura pagão paganismo impregnou o mundo. Vejamos como ele atua em algumas áreas:
a) indústria cinematográfica. O ocultismo e o espiritismo têm tomado conta de Holliyood. Filmes como Harry Potter, têm feito sucesso nos cinemas do mundo inteiro. George Lucas, diretor do filme Guerra nas Estrelas, declara que o cinema e a televisão suplantaram a igreja como grandes comunicadores de valores e crença. A palavra de Deus nos adverte: “Não poreis coisas má diante dos meus olhos...” (Sal 101.3). A única maneira de ensinarmos ás crianças, aos adolescentes e jovens a discernir entre o bem e o mal é colocarmos á disposição deles literatura que ensinem os preceitos divinos (Prov. 22.6 ).
b) Jogo de vídeos game e desenhos animados. Esses “inofensivos” entretenimentos contêm mensagens sublinhares repleta de referências á bruxaria e ao satanismo. Os valores promovidos pela televisão, com pretexto de cultura popular, nada têm a ver com os princípios da fé cristão que se propaga é o egoísmo, a cobiça, a vingança, a luxúria, o orgulho, etc. Tudo isso, em detrimento do fruto do espirito, recomendado pela palavra de Deus (Gal 5.22).
4-Culto aos anjos. No início da cristandade muitos falsos mestres ensinavam que para se tiver comunhão com Deus era preciso reverenciar e adorar aos anjos como mediadores. A bíblia diz que os anjos são servos de Cristo e daqueles que mantém o “testemunho de Jesus”, Portanto, não devem ser adorados (Cl 2.18: Apo 19.10:22.9).
II-A IGREJA E O NEOPAGANISMO
1-O perigo das insinuações heréticas na igreja.
Vários textos bíblicos nos alertam contra essas ameaças. Vejamos:
a) Atos 20.28-30 falam de “lobos cruéis” que entrariam no meio do povo de Deus.
b) “Gálatas 1.6-10 menciona pessoas que experimentaram a graça de Deus e, facilmente, abandonaram a ‘fé recebida”, trocando-a por “outro evangelho”. Todavia ,em 2 Pedro 1.1;2 o apostóstolo se refere “aos que conosco alcançaram a fé igualmente preciosa”. Essa fé preciosa deve ser vivida e ensinada a todas as pessoas.
2-Apostasia na igreja. À medida que se aproxima a vinda de Jesus, o numero de apóstatas aumenta assustadoramente. O evangelho da cruz, com o desafio de sofrer por Cristo (Fil 1.29), de renunciar ao pecado ( Rom 8.13 ),de sacrificar-se pelo reino de Deus e de renunciar a se mesmo, em sofrendo constantes e impiedosos ataques ( Mat. 24.12: IITim3.1-5.).A bíblia afirma que ,nos dias que antecedem a manifestação do Ante cristo, ocorrerá uma grande onda de apostasias ( II Tis 2.3,4 ).É hora de redobrarmos a vigilância!
III-COMBATENDO O NEOPAGANISMO.
1-Combatendo pela defesa da fé.
Como a igreja pôde combater o neopaganismo nos primeiros séculos de sua existência?Certamente, pela defesa da fé que “uma vez foi dada aos santos” (Jd v.3). Do lado humano, foram os apologistas que garantiram a vitória da igreja em meio ás ferozes perseguições do império Romano. Eles se utilizaram de fortes e seguros argumentos baseados nas escrituras. De igual modo, hoje a igreja precisa de homens que se dediquem ao confronto de todo o tipo de heresias que se infiltram sorrateiramente no meio do povo de Deus (II Pé 2.1). Assim como o apóstolo Paulo ,devemos nos considerar convocados para a defesa do evangelho (Fil. 1.16 ).
2-Combatendo pelo não conformismo. O posicionamento anterior exige, também, uma atitude de não conformismo (ROM 12.2). Elias acreditava estar sozinho quando fora perseguido por Jezabel.Ele não imaginava que havia outros sete mil fiéis tão corajoso quanto ele ( I Reis 19.8 ).Ainda hoje ,deus continua levantando milhares de servos inconformados com o sistema mundano do neopaganismo.
3-Combatendo pelo conhecimento. A bíblia nos diz que todo crente deve estar bem informado alerta quanto aos ataques de Satanás (IPed 5.8 ). Para derrotar um inimigo é preciso saber o máximo sobre ele, inclusive sua tática. O apóstolo Paulo afirma que não devemos ignorar “seus ardis” (II Co 2.10). Na palavra de Deus encontramos todo o conhecimento de que precisamos para derrotarmos o inimigo.
CONCLUSÃO:
É necessário que a igreja de Cristo se mantenha vigilante e precavida contra as heresias que contestam as verdades fundamentais da fé cristã. Precisamos orar mais e vigiar com mais seriedade, para que não sejamos tragados pela onda de paganismos que assola a sociedade moderna.